Noboh Kulture: como a arte nasce no meio do caos

No decorrer da pandemia da covid-19 Jonathan Fidalgo e Popo Figuereido decidiram, através da direcção criativa da Noance Studio, fazer nascer um projecto que
noboh culture

No decorrer da pandemia da covid-19 Jonathan Fidalgo e Popo Figuereido decidiram, através da direcção criativa da Noance Studio, fazer nascer um projecto que estava já há dois anos a ser desenvolvido: a Noboh Kulture. Assim, os três jovens usaram as vantagens que as tecnologias nos têm vindo a apresentar e, cada um na sua latitude (Cabo Verde, Angola e Inglaterra), apresentaram o projecto ao público.

O Marcas por Escrever, copiando o uso dessas mais-valias, conversou com a equipa de criativos através do Instagram da marca.

Como é que surge o projecto do Noboh Kulture?

A ideia Noboh Kulture surge antes da pandemia. Trabalhámos durante quase 2 anos em off a conceber a identidade da marca, a recolher todos os elementos necessários para o seu lançamento oficial que só veio a acontecer no meio da pandemia covid 19. Até esse facto acabou por se tornar um dos nossos maiores desafio a nível de shipping das encomendas feitas. A ideia da criação da marca surge através do fundador, Jonathan Fidalgo, que, como imigrante e modelo radicado nos Estados Unidos, tinha ambição de criar uma marca moderna que representasse, e ao mesmo tempo promovesse, a cultura cabo verdiana através do streetwear, fashion & art. 

Qual é que é a constituição da equipa de designers?

A equipa de designer que trabalhamos chame-se Noance studio e tem base em Inglaterra (Londres). É constituído por um angolano (Mário) e um cabo verdiano (Amadeo Carvalho). Todas as nossas criações são feitas através de reuniões via vídeo-chamada.

Quais é que são as vossas principais inspirações?

Inspirámos em nós próprios, na nossa visão e na nossa cultura. Sabemos o quão importante é relatar e recriar a história da nossa cultura através das mais diversas formas, e a busca pela inspiração para as nossas coleções estão inseridas nas nossas vivências. Na forma de ser e de estar do cabo verdiano, num mundo criativo onde não existem regras nem barreiras, mas sim uma pesquisa aprofundada de ideias e tendências do mundo actual incorporando essas mesmas ideias na nossa cultural com objectivo de fazer essa tal actualização cultural que tanto nos caracteriza.

Como é que vêem a expansão da marca com a diáspora?

Como algo natural, temos a noção que ainda somos uma marca com apenas 2 anos de vida, temos tempo para explorar e estabelecer contactos com agentes locais, com o objectivo de no futuro passarmos a ter os nossos produtos disponíveis no país.

Qual é que prevêem que seja o crescimento da Noboh?

Estamos a caminhar passo a passo para nos transformarmos numa marca referência a nível internacional. Isto, tanto a nível qualitativo, como quantitativamente. Sabemos que estamos no caminho certo: basta olharmos para os números nestes 2 anos de existência, em que aumentámos o volume de vendas para cerca de 2.000 unidades, no último ano, representando um crescimento de 22% relativamente ao mesmo período de 2020.

O tema da sustentabilidade está cada vez mais no centro da produção de moda. Como é que isso é importante para vocês?

Tendo a noção que poluição ambiental é um dos grandes problemas do mundo actual, e estando inserido numa das indústrias mais poluidoras do mundo, a Noboh Kulture vem trabalhando numa nova estratégia de sustentabilidade para 2022, onde a responsabilidade Social Ambiental passará a ser alicerce do seu negócio, em vez de continuar a ser apenas uma simples preocupação. Ou seja, passará a ser a principal preocupação da empresa, onde a “grande mudança desta nova estratégia é «tornar a sustentabilidade como principal motor de atividade na forma como fazemos o nosso negócio, promovendo assim a nossa cultura de forma consciente e sustentável. Tal envolverá ações de sensibilização e educação ambiental, que alertam para a importância dos princípios ecológicos e proteção da natureza.

Criar é o vosso maior desafio. Quais é que são os outros moldes que a vossa criatividade tem?

A nossa criatividade vai além de moldes ou formatos, pois encaramos cada criação como uma oportunidade única de criar um laço emocional com quem segue o nosso trabalho, mostrando ao mundo o que de melhor Cabo Verde tem a oferecer, em termos culturais e de uma forma muito original.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Publicidade

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

To use social login you have to agree with the storage and handling of your data by this website. %privacy_policy%

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

pt_PTPortuguese
Close