Como é que o Dia dos Namorados se tornou numa marca?

O Dia dos Namorados é celebrado em várias partes do mundo, como é sabido, a 14 de Fevereiro. Conhecido como Dia de São Valentim,
Love

O Dia dos Namorados é celebrado em várias partes do mundo, como é sabido, a 14 de Fevereiro. Conhecido como Dia de São Valentim, a data é tradicionalmente celebrada com a troca de presentes, flores, doces e bilhetes de amor entre casais e entes queridos.

Contexto histórico do surgimento do dia dos Namorados

A história do Dia dos Namorados remonta ao século III quando o padre São Valentim realizou, na Roma antiga, várias cerimónias de casamento, contrariando as ordens do imperador da época, Cláudio II, que proibía o casamento de homens jovens, alegando que homens solteiros eram ideais para a formação de um poderoso exército.

Devido a esta prática desobediente, São Valentim foi preso e condenado à morte. Mas enquanto estava na prisão, apaixonou-se por uma jovem cega, filha de um carcereiro e que, milagrosamente, recuperou a sua visão. Antes da sua morte, São Valentim enviou uma carta à sua amada, sendo a sua última frase “De seu Valentim”. Esta atitude, e os seus feitos antes da prisão, originaram a prática de enviar bilhetes para a pessoa amada no dia 14 de Fevereiro.

Com a morte de São Valentim a 14 de Fevereiro, esta data passou a ser celebrada como o dia dos namorados, tendo sido instituída pelo papa Gelásio.

Como é que o dia dos namorados tornou-se numa marca?

De acordo com o site “BIG Think”, autores como Chaucer e Shakespeare popularizaram o Dia dos Namorados com as suas obras e contribuíram para a sua transformação num dia de união e doação de presentes.

Ao longo do tempo, os media comunicaram cada vez mais o Dia dos Namorados e as empresas começavam a vender doces e chocolates específicos, assim como postais.

O aumento contínuo da publicidade e do marketing no decorrer do séc. XX levou à propagação do Dia dos Namorados para a sua notoriedade actual.

O Dia dos Namorados é um dia para celebrar o amor mas tende a tornar-se cada vez mais um dia de comércio. É neste contexto que a data torna-se uma excelente oportunidade para as marcas anunciarem os seus produtos com a temática do amor e, através desta prática, conseguir resultados positivos como: aumento de vendas, atracção de novos clientes e até mesmo recuperação dos antigos.

Como as empresas podem tirar proveito desta data?

Marketeers e publicitários podem usar vários mecanismos com conteúdo à volta do Dia dos Namorados para manterem o envolvimento com o seu público. Entre os vários, podemos destacar os seguintes: elaboração de um plano estratégico; criação de campanhas interactivas; uso de UGC (conteúdo gerado pelo usuário); comunicação nas Redes Sociais; criação de campanhas temáticas e utilização de hastags do Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados é sobre o amor, mas não se restringe aos casais nem a empresas de venda de doces e flores. Para além de casais, há pessoas que usam este dia para demonstrar amor aos seus amigos e familiares, havendo quem ainda opte por celebrar o amor-próprio, o que permite que se promovam campanhas à volta do self care.

De um modo geral, conhecer o público e as suas preferências pode ser um bom pontapé de saída para quem pensa em desenvolver uma estratégia à volta do “mês ou dia do amor.” A partir daí, é implementar acções que apaixonem o seu público-alvo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Publicidade

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

To use social login you have to agree with the storage and handling of your data by this website. %privacy_policy%

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

pt_PTPortuguese
Close