A tua Voz, a tua marca pessoal

A voz monótona é paradigma de desinteresse e lentidão. Narrativas! Quantas vezes estas percepções te aproximaram ou afastaram de alguém? Quão (des)alinhadas estavam essas
sonia

A voz monótona é paradigma de desinteresse e lentidão. Narrativas! Quantas vezes estas percepções te aproximaram ou afastaram de alguém? Quão (des)alinhadas estavam essas perceções dos valores dessa pessoa?

Sugiro um desafio.

Ouve um áudio do Whatsapp, com “um novo olhar”. Ignora as palavras, as características vocais e analisa a forma como a tua voz demonstrou as tuas emoções, a tua intenção comunicativa. Relembra como estava o teu corpo, e sobretudo, reflecte o que terão sentido as pessoas que te ouviram. Anota as tuas observações.

Quanto da tua voz te representou a ti e à tua mensagem? 

Há uma semana, ouvi um discurso apaixonado numa conferência de Tecnologia sobre marketing pessoal, enquanto poder secreto da nossa individualidade, e que muitas vezes é deixado ao acaso. A falta de estratégia e de posicionamento da nossa comunicação, o silêncio, pouca iniciativa, leva a que outros balizem o nosso branding pessoal. Como podemos deixar que outras pessoas definam o nosso branding por conta da nossa omissão? Ou quem sabe, até pela nossa exacerbação?

Sónia Silva

A voz veste a comunicação (oral e escrita), os produtos e serviços que representamos e vendemos, inclusive nos caracteres, emojis e palavras-chave que escolhemos (olá, #hastags). Só pensamos nela quando estamos doentes ou quando um colega, com a sua projecção, ritmo e melodia faz uma apresentação (mais) interessante ou quando fica com a oportunidade que queríamos.

Numa realidade cada vez mais digital, que dita menor uso da linguagem não verbal e menos contacto visual – o que nos desconecta-, a voz torna-se o único software para cativar a atenção, desafiar, inspirar, ou seja, para cobrir a parte da emoção que o corpo não espelha. Se a voz nos define e às nossas ações, estamos constantemente a fazer um pitch. So, own your pitch!  

O meu objectivo não é que uses uma voz diferente mas que uses a tua verdadeira VOZ com impacto. É esse o diferencial. E como podes fazê-lo?

Ganha consciência e aceita:

O timbre é único e nem sempre o valorizamos. Não o ouvimos da mesma maneira que os outros por motivos fisiológicos. Aceita e cuida da tua voz, ela é mais flexível do que parece e representa-te.

Reflete e especifica:

Quais são os teus valores pessoais e profissionais? Define em objetivos concretos como queres integrá-los na tua voz. Que emoções queres despoletar? Algo como “Quero comunicar o otimismo do meu projeto à audiência para que sintam motivação e se inscrevam no projeto X”.

Age de forma congruente:

O que podes fazer com a tua voz para cumprir o teu objetivo? Variar o volume, o tom? Falar mais rápido ou mais devagar? Tornar a voz congruente com a mensagem?

Aplica e observa:

Pratica essas variações. Pede feedback a pessoas de confiança ou a profissionais da área. Filma-te, grava e analisa pontos positivos e de melhoria.

Pratica e assimila:

Verifica o que é mais confortável e faz mais sentido para ti para que seja natural e autêntico. Treina, treina e treina. Varia conforme os teus objetivos e emoções: os teus e dos que te ouvem.

Tal como no marketing, a tua voz tem conteúdo, paletas, fontes e faz parte do teu logótipo. O teu timbre é único, reconhecido pelos próximos e como um coletivo. Representa os teus valores e crenças. É estratégia e oportunidade. É influencer de emoções. Por isso, (re)cria novas perceções vocais e contrói a tua marca pessoal com base na tua voz, interna e externa!

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Publicidade

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

To use social login you have to agree with the storage and handling of your data by this website. %privacy_policy%

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

pt_PTPortuguese
Close